Notícias

A3P: Agenda Ambiental na Administração Pública

30/08/2021 - Meio Ambiente, sustentabilidade e agronegócio

Muitas empresas privadas já estão de adaptando às novas exigências ambientais, seja pela pressão do mercado internacional, pelo rigor da lei, pelo marketing ambiental gerado com estas ações sustentáveis e algumas até pela própria consciência ambiental. Por outro lado, muitos órgãos públicos não têm assumido o seu papel neste processo de Gestão Ambiental, que envolve muito mais do que o licenciamento, mas também a fiscalização e a educação ambiental, além da gestão e promoção de políticas públicas voltadas para a sustentabilidade ambiental em seu território. Na verdade, alguns órgãos públicos até têm investido em campanhas para conscientizar a população, mas muitas vezes esquece-se de conscientizar a si mesmo, aos seus funcionários e gestores. Pois, os órgãos públicos também geram resíduos, (lixo), esgoto, poluentes atmosféricos, além de consumirem energia, água e outras fontes de recursos naturais. Ainda deve-se considerar o fato de que muitas vezes, em suas “obras” e ações, os municípios, por exemplo, acabam não observando e respeitando os quesitos ambientais que cobram dos seus contribuintes e acabam também degradando ao meio ambiente. Nesse sentido, a Agenda ambiental na Administração Pública – A3P é uma ferramenta criada e sugerida pelo Ministério do Meio Ambiente direcionada à Administração Pública, por ser uma grande consumidora e usuária de recursos naturais, em face de sua grande demanda diária de serviços e atendimentos à comunidade. A implantação da A3P em órgão públicos tem o objetivo de implantar um Sistema de Gestão Ambiental em toda a sua organização, combatendo o desperdício dos bens públicos e recursos naturais, além de incluir critérios socioambientais nos investimentos e uma valorização social dos servidores. Ainda, o órgão púbico poderá promover ações de redução e reutilização de papel; destinação adequada dos resíduos sólidos; redução do consumo de energia elétrica; eliminação do desperdício de água; destinação correta dos resíduos (óleos, embalagens, pneus, etc.); preferência para a coleta seletiva; licitações sustentáveis (produtos orgânicos, de procedência conhecida e ecologicamente correta). Constitui-se, portanto, em uma nova proposta de gestão que incentiva a educação ambiental. A Agenda propõe a instauração de um processo de construção de uma nova cultura institucional na administração pública, visando à conscientização dos servidores e gestores para a otimização dos recursos para o combate ao desperdício e para a busca de uma melhor qualidade do ambiente de trabalho. Por fim, implantando-se a A3P, certamente os políticos e gestores públicos poderão ficar bem mais a vontade no palanque para dar um discurso e falar sobre meio ambiente.
Por: Alexandre Hüller
Fonte: Jornal Folha do Noroeste




Fonte: https://www.folhadonoroeste.com.br/colunas/a3p-agenda-ambiental-na-administracao-publica/

Outras Notícias

A ESTIAGEM E SUAS REPERCUSSÕES

Estamos vivenciando uma das piores estiagens dos últimos anos no estado do Rio Grande do Sul, e mesmo que venham as chuvas marcadas para os pr&...

MELIPONICULTURA

Na coluna passada abordei sobre a valorização da apicultura na região noroeste do RS. Agora, como prometido, abordo outro tema im...

APICULTURA EM EXPANSÃO NA REGIÃO

A demanda global por mel natural está em pleno aquecimento. Com isso, na região noroeste do RS, um projeto inovador pretende incentivar,...

Conversão de campo em lavoura no bioma pampa

Muitas pessoas ainda desconhecem as regras para supressão de vegetação nativa no Bioma Pampa, onde, a necessidade de licenciament...

A Lei Geral do Licenciamento Ambiental

O licenciamento ambiental é um dos mais importantes instrumentos da Política Nacional do Meio Ambiente, especialmente por estar associad...

Sustentabilidade no mercado imobiliário

A necessidade de percepção ambiental e desenvolvimento sustentável já é uma necessidade consolidada em nosso meio. ...

PSA – Pagamento por Serviços Ambientais

Os “serviços ambientais” são aqueles serviços prestados pela natureza à sociedade sem que, na maioria das veze...

Precisa Licença ambiental para cultivar eucalipto?

O gênero Eucaliptus inclui mais de 700 espécies, quase todas originárias da Austrália, adaptados a praticamente todas as co...

Para restaurar florestas no sul do Brasil, faz diferença plantar mudas?

O estudo de Marília C. Inhamuns, sob a orientação do Prof. Geraldo Ceni Coelho, publicado recentemente no periódico Restor...

O ACORDO DE PARIS

Muito tem se falado na necessidade do Brasil atender ao Acordo de Paris. Mas afinal! Você sabe do que se trata este acordo? Na verdade é ...
icone-whatsapp 1
redesp_facebook.pngredesp_youtube.pngredesp_linkedin.pngredesp_instagram.png
A Empresa

Vertal Imóveis
Rodovia RS 344, Km 39 n°1100 - Campus Unijuí - Sala A315
Santa Rosa / RS

contato@vertalimoveis.com.br
Creci: 63572 F e 26033 J

Contato

 Rodovia RS 344, Km 39 n°1100 - Campus Unijuí - Sala A315 - Santa Rosa-RS

 (55) 996220277

 Segunda a sexta das 8:00 às 18:00hs

  Fale Conosco
www.vertalimoveis.com.br © 2022. Todos os direitos reservados.
Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias